O fim de uma era de minha vida virtual-social!

No dia 30 de setembro, o orkut sai do ar. Pelo que entendi, suas comunidades continuarão online como arquivo. Nossos scraps e fotos irão pro google + com ajuda do GoogleTakeout.

Eu entrei no orkut em 2004, quando pra entrar lá precisava ser convidado. Eu fui convidada por uma amiga do Yahoo Groups, porque na época era em fóruns tipo Yahoo que a gente fazia amizade e se comunicava com pessoas do mesmo gosto que a gente.
O orkut em pouco tempo se tornou o point dos brasileiros, num dado momento, acho que em 2006 eu fiz uma conta no Myspace pra acompanhar as bandas que eu curtia. Porque o Myspace era o Orkut dos gringos. Daí acabei também seguindo perfis de lojas e de modelos alternativas. Uma das coisas memoráveis do Myspace era eu reencontrar artistas e bandas dos anos 80. Naquela época o revival do metal oitentista tava começando a dar as caras. Uma coisa que vi enquanto acontecia foi o nascimento da subcultura scene, que nasceu lá! Selfie pra eles era de praxe, numa época que ainda pouco se falava em selfies.

Esta foi minha foto do perfil do orkut por muuuuitos anos!

Eu fiz minha conta no Facebook em 2008. Também só entrava com convite. Quem me adicionou lá foi um amigo meu do fã clube da Doro. O Face na época era tão simples que eu achava super tosko porque não tinha nada! kkkk Lembro de entrar lá pelo mesmo motivo do Myspace: acompanhar ou poucos ainda na época, perfis de bandas e um ou outro amigo brasileiro.

O grande lance do orkut eram as comunidades! E até hoje considero seu formato de fórum muuuito melhor que o do face! Em forma de listagem, era bem mais fácil achar e organizar tópicos. Não era como no face que os tópicos vão sumindo e depois pra achá-los, às vezes, nem a busca resolve... 

Bom, eu não consigo falar mal do orkut! Ele trouxe tanta gente boa pra minha vida!! 
A maioria absoluta dos amigos virtuais que tenho hoje, conheci lá! Nas comunidades onde encontrávamos pessoas com gosto em comum! Pra vocês terem ideia, conheci a Nívia da Dark Fashion quando ela ainda nem tinha lançado a marca!! A gente conversava sobre moda dark e mercado alternativo num grupo... nossa como o tempo passa! A fase do corset também é inesquecível! Vi as primeiras marcas alternativas surgirem e toda a onda que se criou em torno da peça. Aprendi sobre moda Lolita na comunidade delas, e os debates intelectuais sobre a subcultura gótica na comu do Henrique Kipper?? Até meu primeiro contato com os Picnics Vitorianos... também conheci a Giovana do This is My World no orkut, embora já acompanhasse a lojinha dela (Dark Sorrow) através de meu Fotolog (outra rede social relíquia que conheci muita gente!)

Uma das coisas que eu amava era a comu da Doro, foi das primeiras que entrei! Pela primeira vez na vida eu encontrava fãs malucos como eu!!! Ela ainda era meio desconhecida, o grupo se tornou unido porque fãs dela também eram raros.


E outra coisa que me fazia extremamente feliz é que eu sou fã de female bands e a comu "Female Metal 80s" era uma das minhas preciosidades! Tinha pouquíssimos membros e era lá que a gente trocava informação e raridades em MP3 de bandas oitentistas com vocais femininos ou all-female!! 


Eu estava na faculdade quanto entrei no orkut e eu já brincava com a Moda e foi pro orkut que fiz minhas primeiras sessões de fotos montadas! Em 2005 a gente comprou uma máquina digital, foi a época das minhas primeiras selfies! Eu me divertia naquela coisa de programar a máquina no automático e posar com as roupas que eu fazia pra mim nas horas vagas. Servia como um trabalho de portifolio também! Já que entre 2006 e 2009 eu tanto fazia roupas pra vender como fui estilista de uma marca alternativa e toda roupa que eu fazia uma versão pra mim eu fotografava!

Selfie de algum ano há muuuuito tempo atrás!! (acho que 2006)

Claro que já existiam as meninas "celebridades" e "capas de comunidade". Elas também faziam esse esquema de se fotografarem com looks montados. 
Só que essa coisa de "vida ostentação" não era tão forte! Porque só seus amigos viam suas fotos e mesmo que fossem públicas as pessoas precisavam cair no seu perfil de alguma forma ou um dia dar na telha de clicar no seu perfil e ver se você tinha colocado mais fotos. As fotos não caiam automáticamente numa "timeline" atraindo de imediato a atenção dos mil amigos.

Pra mim, a decadência orkutiana começou quando o layout mudou. Ficou chato de mexer, ficou horrível de ver as fotos. Foi uma tentativa de juntar twitter com facebook, mas não deu certo! O orkut era tão único e perdeu rapidamente sua identidade.

O lado bom é que as comunidade ainda ficarão no ar pra consultas, como história mesmo, mas não mais ficarão ativas. De certa forma serve como memória. Meu outro blog, o Moda de Subculturas nasceu de uma comunidade no orkut chamada "Subculturas e Estilo" que criei em 2006! Em 2008 refiz a comu porque ela tinha sido hackeada (lembram destas rebeldias?). Era um grupo com uma participação super legal e em 2009 decidi transformar a comu em blog pra pegar um povo que tava saindo do orkut porque estavam de saco cheio da futilidade daquela rede social. Sério! Eles achavam o orkut fútil!! KKKKKKK



E vocês, tinham orkut? Sentirão falta ou nostalgia?

A Diva não sou eu! Somos todas nós =D

Estes dias eu tava aqui mexendo no blog e pensei se o nome Diva Alternativa, hoje em dia não provoca alguma estranheza ou as pessoas pensam que sou tão egocêntrica que me auto intitulo como tal! Kkkk
Na verdade o blog é de janeiro de 2010, criei três meses depois do MdS porque queria postar umas coisas não tão relativas ao universo sério da moda e subculturas, mas dentro do meu universo alternativo particular. E o nome veio porque na época tava no auge tudo ser "diva": "Doro é Diva", "Tarja é Diva", a mulher dentro da banheira toda ensaboada no comercial de sabonete dizia: "eu sou uma diva!" e continuava a se ensaboar como se ser diva fosse ser ryca e ficar dentro da banheira por horas divando enquanto as pontas de seus dedos iam ficando murchas da água morna.

Fora que a Dita von Teese tava bombando no mainstream e era "Dita é Diva!" em TODO lugar! 
Até enchia o saco. Sério!

Dita von Teese, a Diva!


 ooooops, errei!! A foto é essa:

Diva divando com sua eterna poker face!

A palavra tinha pegado de um jeito que até programa popular de TV dizia que fulana (atriz/celebrity) era diva.
E aí eu pensei ... pô, todo mundo é "diva"! Até essas mulheres toskas? E as meninas alternativas? Também temos o direito de sermos divas!!

Então o meu "diva" se refere à uma espécie de conceito, uma garota ou uma mulher alternativa auto confiante, autêntica, que tem seu próprio estilo, personalidade e que não deixa os outros dizerem quem ela deve ser ou agir. Resumindo: ela tem atitude!
"Diva Alternativa" não é de forma alguma direcionado à minha pessoa especificamente mas de alguma forma seriam características que eu adoraria me encaixar quando eu evoluir como pessoa.

Blogueiras: a crise e a busca pela identidade

Sabe uma coisa que me chateia?
Blogs legais de meninas alternativas fechando ou dando um tempo porque a blogsfera não as está satisfazendo ou porque não conseguem oferecer fotos da mesma qualidade de blogs tops ou porque tá tudo mais do mesmo ou qualquer outra neura.

Sabe... foda-se!

Blog é um espaço SEU, você não tem que se comparar com ninguém!
Se sua foto é amadora, se você é imperfeita pros padrões de beleza mainstream, se você quer falar de algo que todo mundo fala, se você quer falar de algo que ninguém fala... vá em frente: o espaço é SEU, SEJA VOCÊ!

A blogsfera está chata? Ou as pessoas estão chatas? Afinal, quem faz blogs são pessoas...

- Se os blogs não estão te agradando, procure os que te agradem (podem inclusive não ser alternativos ou temáticos).

- Se você não está inspirada pra postar, não poste. Espere ter inspiração. Blog não é trabalho pra dar resultado com hora marcada!! 
Aliás, blog como trabalho deve ser tão pressão quanto um trabalho normal!! Imagine você estar toda desanimadona e ter a obrigação de postar porque o patrocinador exige? Haja saco hein! Com o seu bloguinho amador você é muito mais feliz porque pode adiar postagens por tempo indeterminado!




- NÃO SE COMPARE, não compare seu corpo, nem sua vida, nem suas posses com a da outra blogueira. Cada um sabe das próprias dificuldade, dores e tristezas e obviamente não é interessante mostrar coisas ruins na web por "n" motivos. Então, claro que as pessoas tendem a postar coisas boas - e quando são coisas ruins, algumas vezes no formato de "desabafos", sempre tem alguém com o mesmo pensamento, o que compensa abrir seus sentimentos na web.

- Look do Dia, é fase! A blogsfera teve diversas fases em sua existência. A fase de hoje é Look do Dia e Reviews, quando a sociedade não se sentir mais representada por isso, vai acabar! E nós mudaremos. Nós somos mutáveis.
Veja o look do dia por um lado interessante: daqui há 10 anos teremos vergonha das roupas que usamos hoje e daqui há 20 acharemos que nossos looks eram incríveis! Eu demorei pra postar Looks neste blog muito mais por problemas de auto estima do que por ter máquina e cenário. Minha máquina é porcaria e cenário é pobre. Mas e daí? Eu me divirto tirando fotos e me montando. Todas podemos ser modelos por um dia e sem precisar estar encaixada em padrões. Quem achar a foto ruim ou o look feio que feche a página, tchau! Existirão opções de looks à seu gosto em outro blog com certeza.

- Viaje - nem que seja pra cidade vizinha, pro bairro do lado, vá pro campo, pra praia, pra uma exposição, ouça músicas novas, veja gente... tudo isso te dá assunto, insights e pensamentos.

- Se você não está disposta a compartilhar sua vida. Compartilhe seus gostos!

- POR FAVOR: não pensem apenas em números e acessos!! Quantidade não é qualidade.
Se seu blog tem 1, 2, 5 anos, ele não tem a obrigação de ter 1000 visitas por dia. 
Você tem mil amigos? Ou tem apenas 20? 
Se 10 pessoas se importam e interagem com você é o que vale! Você já vai se sentir ouvida e expressada.

- Não pense que todo blog tem que ser "profissional"!
Se você quiser seu layout trevoso, cheio de bichinhos brilhantes e borboletas voando pela página, que assim seja!  O blog é seu, ele DEVE ter a sua cara! E mande quem achar seu layout feio pra aquele lugar. É você quem tem que gostar! O blog é o seu espaço particular!


- Não pense que todo blog pode/deve virar blog comercial, fazer publiposts e "ganhar" presentinhos e até mesmo grana. As empresas procuram pessoas ou sites com diferencial, com influência e exigem que o blog tenha x visitas por dia. Ou seja: uma minoria. 
Bem... vocês não são ingênuas né? Muita gente quer cobrar valores por banners ("acesse mídia kit pra saber nossos valores"), mas  cá entre nós, seu blog é tão influente e original assim dentro de seu nicho? Você sabe fazer os cálculos pra saber quanto vale um banner seu blog? Quantas empresas estão dispostas a pagar? E se elas pagam, elas vão te cobrar retorno. Você quer isso de verdade? Ficar sendo cobrada?
Fora que em alguns casos, banners de loja mainstream são postados nos blogs mas as blogueiras ganham pelo esquema "affiliates", um acúmulo que se converte em "peças recebidas". Mas você só pode escolher peças até o valor "x" e às vezes só peças indicadas pela loja. 
E aí, de repente, se não tem uma peça de seu gosto pelo tal valor x? Entendem agora porque umas blogueiras de repente  estão rock e no post seguinte estão boho? É porque elas são praticamente "manipuladas" pelas lojas mainstream a escolher tal peça que deve ser vendida por causa da tendência do momento. Você se sentiria bem com uma loja indicando que peça você deve receber/usar? Você por acaso vai numa loja e compra o que a vendedora diz que você tem que comprar ao invés de comprar o que você quer?

Esse esquema "affiliates" também tem aquela de receber email da loja com uma promoção, desconto ou sorteio que você deve publicar no blog como parte do contrato. Você sabe... recebe um email-post prontinho, você só precisa publicá-lo no blog. Aquela coisa que você faz por obrigação porque marketing definitivamente não é a faculdade que você desejava cursar... entom... por isso numa semana às vezes vemos 6 postagens iguais em blogs diferentes. Já vi blogueiras que deviam estar ocupadas ou de saco cheio que nem se deram o trabalho de traduzir o email-post! Copiaram-Colaram-Publicaram. 
Deixar que alguém lhe diga o que fazer no seu blog é de sua personalidade? É seu perfil? Pense em tudo isso antes de ter um espaço comercial no seu blog.



- Essa vida individualista de ficar mostrando conquistas materiais torna as pessoas infelizes, carentes! Já notou quanta menina apela por um "lindaaaaa" nos comentários? Quantas não clamam por likes? 
Mas me responda: quantas ao desligar o computador e tirar a roupa e o make não caem no desânimo porque só se sentem "amadas" via internet?? É essa vida que a gente quer?? Eu não quero!
Prefiro que nunca me chamem de linda e que avaliem meus posts com o ponto de vista pessoal e crítico do que me tornem uma pessoa dependente da aprovação dos outros. Já basta sermos alternativas e passarmos por diversos julgamentos ao longo da vida, ainda vamos querer ser dependentes do pseudo-amor alheio? 
Ame-se em primeiro lugar, não fique tão dependente do amor dos outros!

- Seu blog não precisa ter bom conteúdo. O que é "bom" conteúdo? O que é bom conteúdo pra mim pode não ser pra você. Por isso repito: o blog deve ter o seu conteúdo. O seu conteúdo atrairá pessoas com gostos semelhantes aos seus.
- Porque se importar com o que andam fazendo por aí? Faça o que te agrada! Nunca, mas nunca mesmo se compare! Ou se sinta inferior!
Essa vida de likes, reality show via instagram, look patrocinado não pode de forma nenhum ser parâmetro pra sua auto expressão!

- Blog é o espaço somente seu que você se comunica e se auto expressa
Apenas o fato de você botar pra fora as suas ideias ou compartilhar um momento legal já devia lhe dar uma super satisfação.



Se os blogs te incomodam por ser mais do mesmo e ter assuntos vazios, encare isso também como uma amadurecimento de sua parte: você está se tornando seletiva! Está amadurecendo.
Agora, se os outros blogs te incomodam tanto, a ponto de você ficar matutando no que deve fazer pra ser como eles, competir com eles, acho que tá na hora de se auto valorizar mais.

Desistir da blogsfera por causa do outros não acho nada legal...
Eu abandonei esse blog por um ano e meio! Mas foi por causa de mim mesma! EU não estava bem e não me sentia à vontade pra postar e nem de me expressar, estava introspectiva. Não parei por causa do jeito que estava a blogsfera naquele momento, ao contrário, eu queria fazer parte, queria postar, queria me expressar e não conseguia! E quando voltei demorei um tempo pra achar blogs e pessoas interessantes e estou muito satisfeita com os blogs que tenho na minha lista! Se algum começa a me desagradar, corto fora!


Resumindo: 
Crie seu próprio espaço, seu próprio mundo, não se compare, não se cobre, não pense que tudo tem que ser comercial, não se ligue em números, não dê audiência pra blogs que sugam sua energia positiva e se necessário, pause seu blog sim, mas pause pra fazer uma sessão de auto conhecimento e voltar com tudo, mais você do que nunca!!

Nós precisamos ser autênticas, espontâneas, brincar com a moda, promover cultura literária, artística e musical, usar o blog pra fazer amizade, pra se comunicar com pessoas que poderiam ser nossos amigos fora da vida virtual e precisamos também levar as coisas menos a sério. Não se limite por causa dos outros.  



O que vivemos hoje é um reflexo da sociedade atual, mas não somos nós os seres pensantes da sociedade? Aqueles que participam dela, usam dela e que temos opinião suficiente pra saber qual parte dela não faz bem pra gente pra gente descartar? Então. 

Como seres críticos que somos, podemos viver sem estes formatos. E se surgem mais formatos iguais a cada dia, tenha paciência. Algumas pessoas ainda são imaturas e acham que "seguir a moda" de blogs é estar enturmada, é ser aceita... o tempo fará uma seleção natural. Ter blog hoje num formato x, não deixa de ser um tipo de modismo e modismo sempre passa.  

Acessórios da loja Ideal Shop!

Este post está muito um pouco atrasado. Era pra ele ter saído em começo de junho mas devido à umas questões aí, acabei só resgatando ele dos rascunhos só agora.

Eu sofro MUITO pra comprar acessórios! Lojas normais de bijuteria são uma tragédia porque eu nunca encontro o que gosto. Cintos, alguma coisa pro cabelo encontro na Renner, Marisa ou C&A (às vezes na sessão adolescente/juvenil kkk). Spikes, tachas e companhia limitada compro em lojas de rock/alternativas. Nas lojas de biju tradicionais, só o clássico mesmo, como pérolas e afins. Bolsas... bem, bolsas são um problema à parte, deixa isso pra depois...

A única época que me dou ao luxo de fazer mais compras que o habitual é no mês do meu aniversário, que foi em maio. É o mês do ano que separo pra fazer gastos voltados ao "desejo", os outros meses do ano acabo faço compras mais voltadas à necessidade. Ao longo do ano, estas compras por desejo são bem poucas quando me comparo com as outras mulheres que convivo rsrsrs! Faz tempo que tento ser adepta do consumo consciente e procuro comprar pouco, coisas duráveis, mas principalmente coisas que combinem com o que eu já tenho no armário.

Além de compras de roupas e umas tralhas (objetos) em outras lojas, fiz uma compra de acessórios na loja Ideal Shop. Já fazia um tempo que eu vinha paquerando acessórios de lá. Então resolvi comprar pra poder ver se o preço x qualidade compensa!

O que comprei:


- Tiara de spikes gigantes.
Já tenho 3 tiaras de spike (todas compradas naquelas lojas "de china") além de 1 gargantilha e 1 pulseira que as faço como tiara prendendo-as com grampos na lateral da cabeça escondidos nos cabelos. Esses spikes imensos foram o que me atraíram na compra. 
O material é realmente bom e bem feito, a tiara é bem pesadinha!
Usei: bem pouco, menos que eu gostaria. Chama muito a atenção. Fiquei parecendo a estátua da liberdade! Só falta a tocha! KKKKKK



- 2 pulseiras de plástico roxa/rosa
Essas pulseirinhas tem formato que imitam spikes e o fato de serem roxa e rosa me atraíram pra poder brincar com elas e a cor de meu cabelo. E também pra dar um up no visual já que uso muito preto.
Usei: a rosa quando usei looks total black porque combina com meu cabelo e a roxa com looks total black e quando usei umas saias com detalhes roxos.


ah! olha só elas nesta imagem, como ficam:



- 1 par de grampos com caveira
Adorei os grampinhos e as caveiras são super bem feitas e bem maiores do que imaginei! Eu já tinha tictac de caveira compradas na galeria do rock há muito tempo atrás, mas são de metal. 
O que não gostei é que de longe elas parecem uns "botões" brancos na cabeça, só de perto vê-se que são caveiras.
Usei: pouco. Ainda estranho ter uma coisa grande e branca na cabeça kkkk



-1 presilha de lacinho com olho, tipo a da Kreepsville.
Muito bem feito, se fosse um pouquinho mais barata eu comprava o par, mas uma sozinha já é suficiente pra meus cabelos curtos. E como não sou de usar maria chiquinhas e talz, até o momento uma só tem sido o ideal.
Usei: pouco. Tive um pouco de dificuldade de usá-las pelo comprimento do cabelo, que é curto e não dá pra fazer muitos penteados, aí penteio de lado prendo o cabelo com ela.



Conclusão:
Achei que os acessórios são de ótima qualidade, melhor até do que alguns semelhantes que já comprei em lojas de bijus e de departamento! É tudo muito bem feitinho e talvez isso justifique o preço de cada um deles. Se depender de mim, por eles serem de plástico, eles duram uma década sossegadamente (eu ainda tenho e uso acessórios que comprei há pelo menos 15 anos atrás!). Então, preço x qualidade x durabilidade aparentemente vai compensar.

O que não curti: não sei quem são os fabricantes dos acessórios. 
Como podem reparar nas fotos, a Ideal manda os acessórios num saquinho simples, não vem escrito num papel ou na embalagem o fabricante e eu acho isso muito errado, mesmo que seja "made in china" temos o direito de saber de onde vem o que compramos, mas nem isso tem escrito! Se é uma marca nacional que fabrica, se é a própria Ideal Shop, se é uma loja estrangeira, eu gostaria de saber! Deveria vir com a origem/fabricante!

Mas em todo caso, pretendo comprar mais acessórios lá sim, porque como eu descrevi acima, gostei da qualidade. Então já deixo a loja como dica. ^^

Bjs nas caveirinhas das leitoras!

* este não é um publipost.